Tag: revestimentos lantai

Incorporando o minimalismo a um projeto contemporâneo

Utilize esse estilo no seu projeto e obtenha resultados sofisticados.

O minimalismo surge como um movimento de contracultura contextualizado na década de 60, geograficamente nos EUA. 

Contrapondo-se à exuberância romântica do expressionismo, procura transmitir ao observador, através da redução formal, uma nova percepção do ambiente. Indo de encontro à máxima “menos é mais”, destaca-se a grandeza e nobreza do simples.

Dessa forma, o minimalismo foi constituído com a ideia da simplicidade e neutralidade, o regresso à essência estrutural na sua forma mais elevada, tanto nas Artes como nos projetos de Arquitetura

Além, claro, de constituir-se na pureza geométrica, na abstração e no monocromatismo. 

Dentre as vantagens que esse movimento agrega na arquitetura minimalista contemporânea, podemos citar o uso de materiais flexíveis, o planejamento de projetos simples e funcionais, inspirados nas formas geométricas, e a incrementação de materiais industriais que se destacaram na base do programa de arte minimalista como o vidro, aço e acrílico.

Como grandes precursores da chamada arquitetura moderna, encontram-se nomes como: Adolf Loos, Frank Lloyd Wright, Le Corbusier, Mies Van der Rohe, entre outros. 

Você pode incorporar esse estilo ao seu projeto de arquitetura e obter resultados surpreendentes!

Indo além da arquitetura, o minimalismo também é um estilo de vida

O estilo de vida minimalista surge em confronto com o fenômeno do hiperconsumismo que está presente no mundo. 

Dessa forma, ele envolve a redução do consumo de forma geral e possibilita meios interessantes de colocá-lo em prática como, por exemplo, o reaproveitamento dos bens oferecendo novas funções a eles.

Descobrir o propósito de cada elemento, reconhecendo a sua importância, é um dos intuitos dos projetos minimalistas

Os adeptos desse estilo de vida desenvolvem-se em torno do conceito de simplicidade voluntária, mantendo apenas o necessário e criando espaços mais funcionais, pensando em ambientes básicos, abertos e com uma iluminação natural.

Praticar uma vida minimalista é não só se opor à mentalidade do consumo, mas valorizar as relações interpessoais, a estética limpa e o sentimento de viver uma vida com significado.

Se você se identifica com esse estilo, vale a pena continuar a leitura e conhecer como o minimalismo pode ser aplicado à ambientação. 

Eliminando excessos para um ambiente clean e sofisticado

Na abordagem minimalista, a sofisticação está presente na subtração de elementos e na simplificação das relações entre eles. Assim, o famoso estilo “clean” é o que prevalece na arquitetura minimalista contemporânea e no design interior.

É importante destacar a relação de integração com o lugar, de forma que peças funcionais e sofisticadas assumem grande valor quando possibilitam organização e um estado de harmonia e equilíbrio.

Os projetos minimalistas são símbolos de elegância pelo uso de formas geométricas bem desenvolvidas, possibilitando uma arquitetura limpa, clara e sem obstáculos.

Um projeto que vai além da decoração

O diferencial na realização de um projeto contemporâneo voltado para o minimalismo está na forma como esse estilo eleva a essência do indivíduo, sendo assim, os valores socioculturais e históricos são associados à experiência adquirida com os materiais.

O estilo vai além da escolha de itens únicos, pois a inspiração minimalista ocorre de forma a integrar características particulares da pessoa por meio da simplicidade das formas estruturais arquitetônicas.

A projeção de residências e prédios com formatos simplistas promovem algo que vai além da estética das construções, pois um projeto de arquitetura desse nível procura acarretar aconchego e bem-estar.

Funcionalidade dos móveis

No minimalismo arquitetônico prioriza-se aquilo que é essencial para quem fará uso dos móveis. 

Desse modo, há um grande destaque para funcionalidade racional e as formalidades estéticas bem definidas.

Sendo assim, os móveis quando dispostos de maneira inteligente, proporcionam uma melhor percepção do ambiente e facilitam o movimento, a entrada de ar e luz, além de destacar a beleza da simplicidade.

Ao englobar múltiplas funções em um único objeto, consegue-se poupar espaço e garantir um uso intuitivo. 

Pensando nisso, nos últimos anos temos acompanhado as tiny houses como uma solução de casas ecológicas e que promovem uma redução de espaço, adquirindo conforto e praticidade.

Algumas opções de móveis com múltiplas funções são as camas com gavetas embutidas, tornando-se útil para organização da casa ao possibilitar espaço para guardar objetos; ou cama articulável, que garante uma economia de espaço quando fechada. Por outro lado, um móvel em formato de letra “C” possui espaço para armazenamento em todas as partes.

O interessante é encontrar uma combinação funcional e criativa no uso dos móveis.

Iluminação e cores neutras

O minimalismo na arquitetura refere-se à simplicidade e à pureza formal, por isso, os projetos minimalistas, além de pensarem nas edificações e no mobiliário, valorizam o equilíbrio monocromático das cores e a iluminação natural.

Esse estilo arquitetônico evoca os princípios trabalhados na contracultura, promovendo uma percepção sensorial única através da visão. 

Dentre as principais características destacam-se a estrutura formal contínua e a paleta harmônica simples, preferindo tons mais claros como base para o ambiente, tais como branco ou bege.

As cores claras remetem ao mínimo e proporcionam uma leveza, de forma que, quando combinadas com materiais brutos, acrescentam traços atemporais ao ambiente.

Ainda assim, não podemos descartar o uso de cores que fogem à regra do branco como, por exemplo, o azul. 

A intenção do projeto minimalista é trabalhar com a menor quantidade de elementos e, ainda assim, extrair o máximo deles. Portanto, pode-se pintar parede, teto e chão com essa cor vibrante, desde que se extraia toda a sua pureza.

Para alcançar uma boa iluminação natural, utiliza-se janelas amplas e poucas paredes, proporcionando a troca de luminosidade entre os ambientes. 

Um projeto contemporâneo valoriza o uso de espelhos e vidros na intenção de compor um paisagismo minimalista.

Dessa forma, os ambientes ganham uma nitidez, e o olhar se fixa nos objetos ou detalhes, enriquecendo-os de significado. 

A escolha dos materiais que compõem o projeto

O design interior e a arquitetura como um todo, satisfazem uma necessidade básica do ser humano: ter abrigo e proteção. 

Assim, os ambientes se tornam palco para grande parte das nossas atividades, e criam uma atmosfera que nutre nossas aspirações.

Para que tenhamos um espaço em que possamos alcançar uma sensação de bem-estar e conforto é necessário determinar quais elementos, e de que forma eles serão usados e dispostos ao longo do projeto de arquitetura.

Para obter um estilo de personalidade nos projetos minimalistas destaca-se o uso de cimento queimado, concreto aparente, vidro, pedras naturais e aço. São elementos capazes de adicionar sofisticação com aquele toque simplista. 

A Lantai oferece um catálogo de estilos de pedras naturais para compor o seu projeto contemporâneo

Conheça a Pedra Travertino

De origem italiana, a pedra Travertino é um mármore rico em minérios de limonita, aragonita e calcita. Possui uma coloração na escala bege, e apresenta manchas e veios em tonalidades mais escuras, seguindo a variação de sua cor.

Presente em aplicações clássicas da história, como o Coliseu, é uma pedra natural que se destaca pela sua durabilidade, nobreza e sofisticação.

O Travertino é um grande aliado dos projetos minimalistas, uma vez que esse revestimento trabalha com a pureza formal e, quando combinado com outros materiais naturais, proporciona aconchego e nos transporta ao minimalismo.

Muito utilizada em projetos de arquitetura que visam a ornamentação e revestimento, compõe o catálogo de revestimentos de primeira linha da Lantai.

Os porcelanatos Lantai

O porcelanato é um material que alcança características modernas e versáteis, por meio do processo de polimento e da sua imersão nas técnicas de decoração. 

Esse produto tem um grande destaque, pois estendeu o uso da cerâmica para o domínio das pedras naturais.

A Lantai oferece revestimentos de primeira linha, em grandes formatos de porcelanato com acabamentos polidos e acetinados. Seu portfólio constitui linhas de porcelanato Calacata, Calacata Oro, Armani Grey, Nero Marquina, Mega Onyx e Beltiles.

Pode-se encontrar os porcelanatos importados nos seguintes tamanhos:

  • Porcelanato 60×120 cm;
  • Porcelanato 80×160 cm;
  • Porcelanato 120×120 cm.

Sendo uma grande tendência no mundo dos revestimentos de primeira linha, destaca-se nos projetos contemporâneos de arquitetos e designers de interiores. É um material simples de instalar, limpar, apresenta uma baixa absorção de água, além de ser resistente à abrasão.

A Lantai apresenta uma linha de porcelanatos que contempla todos os estilos de decoração, adaptando-se facilmente a qualquer ambiente. 

Seus grandes formatos requerem menos rejunte, evocando o minimalismo na arquitetura, uma vez que permitem uma impressão de amplitude do ambiente.

Os mármores naturais são referências importantes para a linha de revestimentos da Lantai, pois a beleza de seus formatos e cores acrescentam elegância aos projetos de arquitetura.

Confira os revestimentos exclusivos da Lantai e garanta a harmonização do seu ambiente.

Conclusão

Pode-se observar que tanto nos projetos de arquitetura minimalista quanto no design interior, a premissa é expressar a essência dos materiais. 

Desse modo, trabalha-se com volumetrias simples, projeção dos espaços e, preferencialmente, com cores puras. Assim, as criações deixam de priorizar aspectos decorativos e passam a valorizar os vazios.

O minimalismo oferece uma harmonização simplista, por isso é utilizado para descrever um estilo de arquitetura contemporânea. Destaca-se pela referência à simplicidade e à pureza formal dos edifícios, utilizando-se de formas geométricas básicas, vindas da inspiração cubista.

Outros atributos a esse estilo é que ele nos convida para o visível além da visão, dado que a redução formal pode alcançar ares monumentais por meio da simplicidade. Sendo assim, o minimalismo proporcionou novas formas de evocar a beleza nos projetos.

Sabendo disso, a Lantai oferece revestimentos de primeira linha para que você possa escolher aquele que garantirá o diferencial no seu projeto de arquitetura minimalista contemporânea, de forma a criar espaços puros e simples.

Encontre a simplicidade e uma visível contemporaneidade nos revestimentos da Lantai.

Como manter a piscina limpa mesmo no inverno

Mantenha a sua piscina pronta para o próximo uso, mesmo que demore, pois assim você evita gastos desnecessários e conserva os materiais de revestimento.

Representando uma fonte de lazer de grande importância, a piscina não só está associada à prática de esportes, mas também garante um momento de relaxamento e descontração quando se está sozinho ou com amigos e família. 

Sendo assim, é de extrema importância manter a piscina limpa, uma vez que os processos de desinfecção da água têm como objetivo atuar na inativação ou destruição de organismos patogênicos que são capazes de desenvolver doenças indesejáveis.

Mas como manter a piscina limpa?

O tratamento normalmente utilizado para limpeza de piscinas é a desinfecção por derivados clorados como, por exemplo, o ácido hipocloroso, também conhecido como água sanitária. 

Esses derivados possuem uma eficiente ação bactericida, mas possibilitam a formação de organismos indesejáveis e prejudiciais à saúde.

Portanto, vale considerar outros processos alternativos que podem atuar na desinfecção da água, evitando a formação de compostos. 

Dessa forma, podemos utilizar cloro combinado, também conhecido como cloraminas, o dióxido de cloro e a ozonização.

No entanto, é recomendável que seja feito um estudo de eficácia do cloro, considerando o tempo de contato ideal, a concentração que deve ser aplicada na piscina, e garantir uma comparação entre o cloro e o potencial de oxidação dos derivados clorados não estabilizados.

Mantenha sua piscina totalmente limpa e garanta a sua saúde e bem-estar.

No inverno tudo fica mais difícil

Para evitar possíveis danos causados pelas condições meteorológicas do inverno, considerando a inativação de sua piscina durante esse período, é recomendado que seja feito um procedimento de hibernação.

A hibernação é uma boa aliada nesse período, promovendo uma excelente conservação da piscina, pois o inverno pode causar muitos danos como, por exemplo, criar condições favoráveis para desenvolvimento de bactérias e algas, afetando a qualidade da água.

Continue a leitura e saiba sobre os procedimentos para cuidar da sua piscina.

Procedimentos da estação que valem para o ano todo

Existem alguns procedimentos que são indispensáveis quando o assunto aborda os cuidados que devem ser realizados para manter sua piscina em boas condições de uso. Sendo assim, a limpeza e desinfecção da água é um procedimento que deve ser habitual.

Deve-se estar atento para que ocorra a substituição da água com o cuidado de proceder à cloragem, ou outra forma de desinfecção química coerente. 

Com isso, é importante sempre verificar se a instalação está livre de outros riscos químicos e físicos.

Vale ressaltar que é de extrema importância saber a região do país em que se encontra situada a piscina, pois é necessário garantir um tratamento adequado, uma vez que existem regiões em que faz-se necessário proteger a água do calcário.

A piscina desempenha um papel social muito importante, sendo ela responsável por momentos de lazer e descontração. Levando isso em consideração, é válido estarmos atentos aos tratamentos necessários para que ela mantenha-se sempre limpa e distante de riscos à saúde.

Para isso, pode-se considerar os seguintes procedimentos de cuidados que valem para o ano todo, e que se intensificam no período de hibernação:

  • Realize uma limpeza cuidadosa, pois pequenos resíduos de sujeira podem ser acumulados ao longo do tempo e criar cenários propícios para o aparecimento de bactérias.
  • Atente-se para filtração e os tipos de dosagens de materiais de tratamentos químicos utilizados na desinfecção das águas.
  •  Lembre-se de verificar a qualidade da água.
  •  Desligue os equipamentos elétricos.
  • Esvazie a canalização, pois é algo importante para a conservação da estrutura geral da sua piscina.
  • Escolha uma cobertura adequada para instalar sua piscina; vale a pena adquirir algo específico para o inverno que garantirá mais resistência.

Atente-se aos cuidados com sua piscina e fique despreocupado com o período de inverno! 

Preciso hibernar a piscina?

Considerando a mudança das estações, é preciso que se tenha claro que, caso não tenha uma piscina com sistema de aquecimento, é o momento oportuno para o processo de hibernação. Portanto, é necessário manter-se atento a alguns procedimentos de limpeza.

A hibernação consiste em um período em que a sua piscina entrará em “stand by”, limitando a atividade da água durante os meses de inverno. Dessa forma, a água mantém-se em boas condições para uso posterior.

Vale lembrar que a primeira hibernação deve acontecer sob supervisão de um técnico, pois assim pode-se evitar complicações futuras; levando em consideração que os meses de frio são desfavoráveis para o revestimento da piscina, uma vez que ele pode ficar sujeito a manchas ou outros meios de degradações.

É importante informar que não é indicado o uso de ácidos agressivos para realização da limpeza de sua piscina, pois esse tipo de produto força uma degradação progressiva do revestimento

Por isso, a hibernação é uma excelente opção para manter a preservação dos cuidados de higienização. Seguem algumas orientações relevantes para esse período:

Tratamento da água

O chamado hibernador ou invernador é um produto específico para garantir os cuidados da água nos períodos de hibernação. Atuando como bactericida, impede o surgimento de algas, fungos e bactérias. Deve-se observar possíveis incompatibilidades com produtos já existentes na água.

Limpar o filtro

Um procedimento anterior ao desligamento do circuito hidráulico da sua piscina, é a limpeza do filtro. Portanto, é necessário que se retire os cartuchos para que sejam lavados em uma solução ácida.

Proteção do espaço técnico

A proteção do circuito hidráulico é de extrema importância, uma vez que existe a possibilidade de inundação no período de inverno.

Proteção da água

Um cuidado necessário que não se limita apenas ao período de hibernação. É importante a remoção regular de folhas e demais resíduos que possam estar presentes na piscina.

Manter a piscina limpa é um passo de manutenção necessário para que você possa ficar despreocupado no seu próximo uso.

Revestimentos Lantai para piscinas, uma reforma que vale o novo visual

O uso de revestimento faz parte da história em projetos de construção, sendo muito utilizados em ambientes internos e externos. 

Para tanto, não é à toa que o uso das pedras naturais agregam um toque exótico e sofisticado na reforma das áreas onde o revestimento é aplicado.

A Lantai oferece excelentes opções de revestimentos para piscinas, garantindo ambientes que comportam pedras de alta durabilidade, resistência, além da exuberância e sofisticação na escala de cores. 

Caso você esteja pensando em reformar ou construir sua piscina, a escolha de pedras naturais proporcionará uma elevação nos padrões estéticos do seu projeto.

Para tanto, é válido ressaltar a importância de profissionais que tenham conhecimento técnico para realização da aplicação do revestimento escolhido, tais como engenheiro civil ou arquiteto.

Garanta uma boa experiência com os revestimentos da Lantai e deixe seu projeto com um novo visual.

Conheça a Pedra Hijau, originária da Indonésia

Originária dos tufos dos vulcões da indonésia, a Hijau é uma rocha ígnea composta de zeólito e quartzo, um material de origem vulcânica que promove um encantamento instantâneo pela sua tonalidade esverdeada, podendo se intensificar quando em contato com a água.

É uma pedra natural que se destaca pela versatilidade, sendo muito utilizada por arquitetos no revestimento tanto de áreas externas quanto na decoração de ambientes internos, destacando-se em lugares como piscinas, espelhos d’água, cascatas, banheiros e saunas, pois é adequada para uso em áreas molhadas, garantindo um efeito único ao ambiente.

Por ser uma pedra de origem vulcânica, é um revestimento resistente às intempéries do tempo e apresenta grande durabilidade. Além disso, é não corrosiva e apresenta alta resistência à umidade e abrasão, e aos raios UVA e UVB do sol.

É comumente encontrada em revestimentos das luxuosas vilas da ilha de Bali, uma vez que apresenta propriedades terapêuticas e proporciona a integração de um ambiente harmônico. 

Strato de Microsseixos: acabamento sem emendas

O Strato de Microsseixos é um produto formado pela composição de uma resistente resina e granulado de pedras naturais de diferentes tipos e tamanhos, em estado inteiro e arredondado.

Esse produto, quando misturado com colantes especiais, possibilita a aplicação em superfícies de pisos e paredes. No entanto, não deve ser aplicado em madeiras, cerâmicas, azulejos, gessos e em superfícies irregulares.

A forma contínua em que é aplicado proporciona um diferencial na beleza de áreas externas e internas. Pode-se considerar o uso do Strato de Microsseixos não só em locais como muros, calçadas, ao redor de piscina, mas também em ambientes como banheiros, cozinha, living e espaços gourmet.

Sendo um revestimento que caracteriza a evolução do Fulget natural, a Lantai compõe em sua linha com um material resistente e que não apresenta emenda ou juntas de dilatação. 

Quando aplicado na área desejada, podemos observar que sua textura apresenta um toque agradável, deixando a superfície lisa e contínua.

A linha de Strato Microsseixos da Lantai apresenta as seguintes tonalidades: branco, bege, preto e cinza.

Acesse o site da Lantai e saiba mais sobre os cuidados de instalação técnica do Strato de Microsseixos.

Conclusão

Quando pensamos em um projeto de arquitetura que esteja idealizando revestimentos para áreas externas, a piscina é um lugar que garante destaque na nossa imaginação. 

Portanto, se embarcarmos em um projeto assim, é inevitável que a pedra Hijau fique de fora da escolha de revestimentos para piscina.

Essa pedra de origem vulcânica possui o mineral zeólito na sua composição, este que neutraliza metais pesados do corpo humano, consequentemente, garante propriedades terapêuticas e proporciona uma sensação de bem-estar.

Por esse motivo, é importante que a limpeza da piscina esteja regularizada para que seja possível usufruir de momentos únicos em um ambiente em que a beleza da coloração esverdeada da Hijau ganha um destaque caleidoscópio quando atingida pelos raios solares.

A Lantai compõe um catálogo com excelentes opções de revestimentos de primeira linha para incorporar projetos modernos. 

A sofisticação que você buscava está na Pedra Travertino

Do clássico ao contemporâneo, combina com todo tipo de decoração.

Vamos começar com a origem da Pedra Travertino: os travertinos são rochas calcárias que originam-se em situações de cursos d’água como nascentes, barragens e cascatas. São compostos de grandes poros, gerados pela presença majoritária de calcita; uma das formas cristalinas do bicarbonato de cálcio.

O mármore Travertino é rico em minérios de limonita, aragonita e calcita, que produzem a beleza de sua coloração bege; apresentando manchas e veios em tonalidades mais escuras, na variação da sua escala de cor.

Essa pedra natural é encontrada principalmente na Itália, mas também surge em países como Estados Unidos e Espanha – que da mesma forma se sobressaem na exportação de Travertino. No Brasil, a Bahia se destaca na produção desse mármore devido às favoráveis condições climáticas e geológicas.

O Termo Travertino é italiano e origina-se de uma variação do latim lapis tiburtinus, que significa “pedra de Tibur”, antigo nome da atual cidade de Tivoli, na Itália.

A Lantai integra em sua linha um revestimento sofisticado e nobre, sendo referência nos projetos de arquitetura na história, uma vez que o mármore Travertino esteve presente em aplicações de obras clássicas como, por exemplo, a Basílica de São Pedro e o Coliseu, na Itália, e também nas pirâmides do Egito.

O seu projeto de arquitetura vai conquistar um destaque atemporal.

Tipos de acabamento da Pedra Travertino

Esse revestimento de primeira linha permeia estilos clássicos e contemporâneos. O seu aspecto refinado é muito utilizado em projetos de decoração de interiores, oferecendo sofisticação a qualquer ambiente.

Interessante ressaltar que o mármore Travertino pode ser submetido ao corte em “veio”, permitindo expor seus padrões lineares, ou ao corte “transversal”, proporcionando um padrão aleatório e criativo.

A linha de pedras Travertino da Lantai apresentam superfícies irregulares para os seguintes tipos de acabamentos:

  • Travertino Anticato: Travertino French Pattern, Anticato Light, Anticato Noce e Anticato. O anticato é um ladrilho que recebe tratamento especial para obter um aspecto rústico. Sua aplicação pode ser encontrada em revestimentos de calçadas.
  • Travertino Rockface: Travertino Rockface e Travertino Free Length. Contém uma superfície de alto e baixo-relevo, oferecendo um contraste exótico. Muito utilizado na decoração de diferentes elementos arquitetônicos, são encontrados em formatos retangulares e de diversos tamanhos.

Os revestimentos da Lantai agregam valor ao seu projeto, com toda a variedade de acabamentos que o mármore Travertino pode proporcionar.

Saiba onde esse revestimento pode ser aplicado

Entre as principais pedras naturais utilizadas para ornamentação e revestimento, inclui-se o Travertino. Podemos encontrar a sua elegância tanto em áreas comuns quanto na integração de ambientes internos.

Esse revestimento de primeira linha proporciona atemporalidade ao espaço escolhido, uma vez que é um material usado em projetos arquitetônicos desde a antiguidade.

O mármore Travertino proporciona um estilo rústico no revestimento de paredes, pisos, pilares, colunas e soleiras; em lugares como fachadas, escadas, cozinhas, salas, quartos e banheiros.

Além disso, pode integrar um dinamismo visual em aplicações como mobiliários, bancadas e cabeceiras.

Existem inúmeras possibilidades para se criar algo singular com esse material geológico, pois é uma pedra de grande durabilidade e nobreza, contendo padrões cromáticos variados na formação da escala bege.

Vale informar que, apesar de ser muito resistente, o seu uso em bancadas de cozinha apresenta uma facilidade para adquirir manchas, pelo possível contato com gordura e óleo. Isso acontece pela porosidade que existe nessa pedra natural.

Conheça os revestimentos de mármore Travertino da Lantai.

Variando do estilo minimalista até decorações mais incrementadas

A aplicação de Travertino promove uma grande visibilidade para o seu projeto, uma vez que pode ser revestido na decoração de interiores e edificações tanto minimalistas quanto refinadas.

O regresso à forma minimalista trabalha com a pureza formal nos projetos de arquitetura, evocando simplicidade.

Para encontrar o estilo ideal para seu projeto, é possível utilizar esse revestimento na combinação com outros materiais naturais como, por exemplo, a madeira, proporcionando um espaço de aconchego e sofisticação.

Por outro lado, a presença de opções como aço e vidro, em contraste com o Travertino, acrescentam um toque de modernidade e luxuosidade.

Veja no blog da Lantai como esse revestimento de primeira linha foi aplicado em diferentes tipos de projetos e encontre o seu estilo. 

Conclusão

A pedra Travertino é um dos tipos de mármore mais representativos no grupo de rochas sedimentares, marcando presença na história da arquitetura. Atualmente, é muito indicado para revestimentos que visam aprimorar projetos por meio de um olhar contemporâneo.

Portanto, é um material que permite liberdade de expressão e aprimoramento na decoração de interiores e revestimentos em áreas externas, promovendo uma harmonização no ambiente e transportando conceitos de sustentabilidade e nobreza.

A Lantai compreende o quanto é importante proporcionar um revestimento de primeira linha que exerça uma sensação de bem-estar e conforto na escolha do seu local de aplicação. 

Por esse motivo, esse revestimento está a favor da durabilidade, e oferece a oportunidade de constituir um ambiente clássico e atemporal.

Faça parte da história adquirindo o revestimento Travertino da Lantai.

Pedra Hitam: por que ela pode ser a sua próxima escolha?

A Pedra Hitam é natural e usada para revestimento, possui grande encanto pela sua origem exótica. Presente em projetos de arquitetura sofisticada e minimalista, confere exclusividade na decoração de interiores e nos espaços externos.

É uma pedra natural que requer pouca manutenção, garantindo uma alta durabilidade ao seu projeto, devido às propriedades vulcânicas.

Apresenta uma variação singular entre tons acinzentados, alcançando nuances mais escuras quando molhada. É comum encontrá-la em templos budistas indonésios, já que proporciona um visual diversificado e intenso.

Entre suas belezas, destacamos o toque natural e sustentável que oferece à decoração. Sendo um revestimento de primeira linha, apresenta um grande valor estético ao ambiente em que ocorre a sua aplicação, oferecendo um menor impacto ambiental.

Continue sua leitura para saber mais sobre esse revestimento natural, bem como seus benefícios e aplicações.

Conheça a origem da Pedra Hitam e seu tipo de extração

A Pedra Hitam tem origem no arquipélago da Indonésia, sendo extraída em uma de suas 17 mil ilhas, compostas por mais de 40 vulcões. Constituída de magma vulcânico, apresenta formação por meio da sedimentação de lavas em altas temperaturas, proporcionando características singulares a esse material.

O processo de extração dessa pedra natural, para que chegue até os clientes da Lantai, acontece da seguinte forma:

  • Coleta das pedras em pedaços, correspondendo ao desmonte de blocos de dimensões variadas;
  • Em seguida, são transportadas em direção à base de corte;
  • Após serem selecionadas, são importadas para o Brasil e passam a compor a linha de revestimentos da Lantai.

Muito mais do que um simples processo, não é mesmo? É quase arte!

Tudo o que você precisa saber sobre essa pedra natural

Por ser uma pedra de origem vulcânica, apresenta grandes particularidades que farão a diferença no seu projeto de arquitetura.

Em meio as características da Pedra Hitam, podemos incluir:

  • É uma matéria-prima não poluente, considerando que é expelida com frequência do núcleo terrestre;
  • Atérmica, proporcionando uma grande vantagem para revestimentos em áreas externas, como pisos e piscinas, já que não transfere e nem absorve calor;
  • Por ser uma pedra natural, apresenta um grande destaque na variação de tons de cinza, concedendo combinações versáteis para os diversos estilos de decoração;
  • Apresenta uma composição porosa, resultante do processo de rápido esfriamento mais a pressurização das lavas vulcânicas. Por esse motivo, é muito usada em projetos de piscinas, pois sua porosidade auxilia na filtragem da água;
  • Pedra de origem vulcânica, apresenta propriedades energéticas e terapêuticas.

Variações de acabamento para diferentes objetivos

Para que você possa ter uma boa experiência com o seu projeto de arquitetura, é primordial consultar um profissional experiente em revestimentos de primeira linha. As pedras naturais demandam um conhecimento diferenciado, pois para obter um melhor acabamento é necessário uma espessura específica desse material.

Consulte os nossos especialistas para fazer a escolha mais adequada. A Lantai oferece a sofisticação dessa pedra exótica pensando em uma variedade de formatos que possam valorizar o seu projeto.

A Pedra Hitam é uma excelente escolha para revestir pisos e paredes de áreas internas e externas, podendo ser utilizada nos seguintes formatos:

  • Hitam bruta: possui saliências e ondulações. Usada para revestir muros e fachadas oferecendo um visual rústico para o seu ambiente;
  • Hitam lisa: Não apresenta saliências desse revestimento natural. 

Acesse o site da Lantai e faça a sua escolha. 

Como manter o aspecto da pedra mesmo depois de algum tempo

Para que a Hitam mantenha os seus encantos e belezas, precisamos destacar os cuidados necessários para sua manutenção. Após a aplicação do revestimento, é necessário que ocorra a primeira limpeza dessa pedra natural.

No decorrer do tempo, a manutenção do seu revestimento de primeira linha pode ocorrer por meio dos seguintes cuidados:

  • Não usar produtos de limpeza que sejam abrasivos como, por exemplo, produtos multiuso;
  • Limpar regularmente com água, detergente neutro e pano limpo;
  • A conservação em ambientes internos pode ser feita com pano úmido ou aspirador de pó, por outro lado, nas áreas externas é necessário o uso de uma lavadora de alta pressão.

A manutenção é simples e garante a durabilidade da sua Pedra Hitam.

Por que a Hitam vai ser sua próxima escolha?

Ao escolher esse revestimento de primeira linha, você investe em um material sustentável que trará um design sofisticado para a sua decoração, promovendo o equilíbrio necessário para um mundo que está cada vez mais preocupado com os impactos causados à natureza.

Além disso, a Hitam é uma pedra natural resistente às intempéries do tempo e não produz resíduos durante sua aplicação, favorecendo a instalação por meio da argamassa.

Pensando nos cuidados que você e sua família merecem, vale ressaltar que a Hitam é uma pedra antiderrapante, dessa forma, ela zela na minimização de possíveis acidentes que possam ocorrer, principalmente, em áreas molhadas.

Vale a pena fazer essa escolha e investir em um consumo mais consciente e cuidadoso! 

Projetos únicos e sofisticados

A Lantai preza pelo cuidado e sofisticação do seu projeto, afinal de contas, a Hitam é uma pedra de origem vulcânica que está integrada com o meio ambiente e a sustentabilidade, além de oferecer um design exuberante pela variação de tonalidades na escala de cinza.

Dessa forma, é importante pensarmos em escolhas de consumo que nos acompanharão a longo prazo, e que sejam um diferencial para o nosso bem-estar. Por isso, trouxemos algumas aplicações dessa pedra natural.

Sendo indicada para áreas internas e externas, agrega um toque exótico e exuberante para sua decoração de interiores, podendo ser utilizada da seguinte forma:

  • Ambientes internos: aplicação em paredes e pisos de salas, quartos, cozinhas, banheiros e saunas.
  • Ambientes externos: aplicação em muros, paredes, fachadas, calçadas, piscinas, espelhos d ‘água e jardins.

Analise seu projeto e veja qual a melhor aplicação para sua Pedra Hitam

Conclusão

Na Lantai você encontra revestimentos de primeira linha, com peças exóticas e artesanais. Oferecemos um atendimento exclusivo com uma equipe de consultoria especializada e alinhada com as tendências mundiais.

Tenha o suporte necessário para que seu projeto alcance o visual desejado!

Para isso, não abrimos mão de promoções e condições exclusivas para que você tenha um ambiente harmônico, elegante e sustentável.

Entre em contato com os nossos especialistas e conheça condições imperdíveis para tirar o seu projeto do papel e dar vida ao seu ambiente, investindo em um material duradouro, seguro e sofisticado.

Conheça projetos que utilizaram a pedra Travertino como revestimento

Na hora de planejar a construção da sua casa e/ou reforma, é de praxe buscar por referências para que os arquitetos contratados possam ter um embasamento sobre o que você deseja.

Escolher os revestimentos certos faz com que o resultado final fique exatamente como sonhou, o que favorece o sentimento de satisfação.

Ter a possibilidade de participar do processo criativo que envolve as decisões para os ambientes da sua casa, proporciona uma experiência como consumidor que vai além de qualquer expectativa.

Visando garantir a sua satisfação, resolvemos compartilhar alguns projetos de arquitetos parceiros Lantai, que utilizaram a pedra Travertino como revestimento.

Os resultados são incríveis e temos total certeza de que você irá se apaixonar!

Criando unidade e ambientes aconchegantes com a pedra Travertino

Atualmente, todo o tempo que passamos em casa precisa ser extremamente aproveitado, principalmente pelo fato de que a correria diária tende a nos impedir de ter momentos relaxantes. 

Isso faz com que existam cada vez mais investimentos em áreas comuns, de lazer e que integram ambientes internos e externos.

Ideal para receber amigos e familiares, o espaço gourmet vem ganhando espaço há um certo tempo, onde, muitas vezes, pode-se aliar modernidade e bucolismo.

Esse mix acontece entre peças de metal e madeiras rústicas, que conversam muito bem com as pedras naturais Travertino

Podemos ver o resultado dessa junção no projeto assinado pelos arquitetos Saimon Bohn e Kellen Garcia, do escritório Hipérbato Arquitetura (@hiperbato_arquitetura), que adoram utilizar esse tipo de revestimento.

pedra Travertino SAIMON BOHN KELLEN GARCIA

Os traços contemporâneos foram muito bem marcados, tendo sido fortemente aliados ao romantismo que a Travertino Free Lenght agregou ao ambiente.

Podemos perceber o mesmo charme, sofisticação e conforto no outro ambiente estruturado por eles, o living. Local que recebeu a Travertino Anticato Light para suavizar as paredes com elegância.

pedra Travertino SAIMON BOHN KELLEN GARCIA

E não para por aí, na fachada Saimon e Kellen usaram um Mix de Free Lenght 10, 15 e 20 cm, criando uma unidade entre o interior e o exterior da casa.

pedra Travertino SAIMON BOHN KELLEN GARCIA

No caso do projeto idealizado pela arquiteta Karen Mazzo (@karenmazzo_arquitetura), com a utilização do Anticato Light, o hall de entrada se fundiu à área externa, criando uma conexão acolhedora que recepciona de forma muito agradável.

pedra Travertino KAREN MAZZO

A forma como a pedra é trabalhada também valoriza as iluminações, principalmente quando naturais, deixando o ambiente em questão ainda mais diferenciado.

pedra Travertino KAREN MAZZO

Lavabos com detalhes únicos e muita sofisticação 

Catarina Bernardes e Gabriela Melo, arquitetas do Espaço Arquitetura (@espacoarquitetura_), escolheram a pedra Travertino para elevar o projeto de um lavabo ao mais alto requinte.

O revestimento Lantai foi crucial para a combinação de peças decorativas, louças e metais. Através da Travertino Rock Face e sua textura, a elegância consegue ser quase palpável.

pedra Travertino Catarina Bernardes e Gabriela Melo

Em uma aposta mais moderna e contemporânea, Hedlane Lima (@hedlanelima), design de interiores, fez a sábia escolha do Free Lenght, contrastando de forma exuberante com as peças de louça fora do convencional.

pedra Travertino Hedlane Lima

Inovação em evento no Rio de Janeiro

A ampla gama de produtos disponíveis no mercado às vezes gera dúvidas na hora da escolha dos revestimentos, mas a arquiteta Gisele Ribeiro (@gisele.ribeiro_arquitetura) acertou em cheio!

Seu projeto incorporou a beleza da pedra Travertino (Free Lenght 10 cm) quando aplicada de forma vertical, tendo sido valorizada pela iluminação e plantas naturais que fizeram parte da exibição.

Apresentado no Casa Design, em Búzios, o espaço gourmet foi destaque no evento, demonstrando toda a versatilidade do revestimento Lantai. Confira as fotos de Mário Monteiro:

pedra Travertino Gisele Ribeiro

pedra Travertino Gisele Ribeiro

Repassando o que vimos neste post

  • Arquitetos que usaram a pedra Travertino como revestimento;
  • Revestimento Lantai Travertino em projetos;
  • Inspirações com a utilização da pedra Travertino;
  • Fotos de projetos com a pedra natural Travertino da Lantai.

Aplicações dos revestimentos Lantai

Uma das maiores preocupações na hora de uma reforma e/ou obra é a tão temida frase: “Quanto tempo vai demorar? ”. Com os revestimentos Lantai não poderia ser diferente!

Por isso, para que a sua única ansiedade seja a forma como irá usufruir do resultado final, preparamos este conteúdo, que fornecerá todas as informações necessárias sobre nossos produtos aplicados na “casa mais vigiada do Brasil”.

Os destaques são: Strato de Microsseixos, pedra Travertino e a lindíssima Hijau. Porém, não se esqueça que a Lantai possui uma ampla variedade de revestimentos, todos eles para deixar a sua casa ainda mais valorizada, por dentro e por fora.

A durabilidade dos revestimentos Lantai

Antes de começarmos a falar sobre as instalações de maneira específica, bem como seus prazos, vale ressaltar que os nossos produtos possuem uma longa durabilidade.

Por serem pedras naturais, de extração e corte que passam por um rigoroso controle, nossos revestimentos apresentam um padrão de altíssima qualidade.

Ao final da execução do projeto o resultado é sempre um sucesso entre arquitetos e consumidores. 

Além disso, as manutenções podem ser realizadas uma vez por ano, prolongando assim, a longo prazo, a vida útil do revestimento (o que poderá variar de acordo com o local de aplicação). 

Por serem de manutenção simples e esporádica nossos revestimentos se destacam quando comparados a outros tipos de materiais.

É importante ressaltar que a aplicação dos revestimentos deve ser realizada por profissionais de confiança e que possuam conhecimento técnico para tal. A escolha correta de argamassas indicada para cada produto, manipulação e instalação é fundamental.

Para isso, você poderá contar com um engenheiro civil, arquiteto ou até mesmo um responsável habilitado. 

Lembre-se de que indicações podem lhe levar aos melhores profissionais! 

Tudo isso irá garantir que a aplicação do produto escolhido seja feita da melhor forma, fazendo com que as características da pedra sejam mantidas.

Instalação da pedra Travertino, você sabe como é esse processo?

Na maioria das vezes não sabemos como o assentamento dos materiais adquiridos é realizado, já que o processo da obra e/ou reforma muitas vezes termina no ato da compra do produto.

Porém, para a Lantai, é muito importante fazer com que os nossos clientes entendam cada etapa, pois, dessa forma, a confiança nos materiais adquiridos tende a aumentar.

Se você já leu o nosso e-Book “Catálogo de produtos Lantai. Conheça os revestimentos que fazem parte da casa mais vigiada do Brasil, em 2020” provavelmente conhece todos os diferenciais da pedra Travertino.

Uma opção incrível para aqueles que desejam um ar moderno e contemporâneo, através de um visual natural e clean. 

Ainda não acessou o conteúdo? Não deixe de conferir clicando no link disponibilizado acima! 

Voltando para o ponto-chave da nossa abordagem neste post, antes da instalação do seu painel e/ou piso de Travertino, simule a colocação. Essa é uma dica essencial para que a visualização do resultado seja possível.

“Mas por que é preciso fazer essa simulação? ” Bem, por se tratar de uma pedra natural possivelmente existirão algumas variações de cores e tamanhos, mesmo que de forma mínima, o que pode ser facilmente manipulado ao realizar a simulação.

Assim, você e o responsável pelo assentamento do material poderão propor diferentes formas de organização antecipando o resultado final.

Caso surjam algumas diferenças ao longo do processo, a argamassa poderá ser utilizada para igualar os detalhes, garantindo uniformidade. E não se esqueça:

  • É preciso utilizar junta seca, sem rejuntamento;
  • Fazer uso de curva de nível durante a colocação das pedras;
  • A aplicação deverá ser feita em uma superfície regularizada;
  • Garantir que o local de aplicação esteja limpo, sem pó, seco e sem umidade;
  • Retirar todo e qualquer revestimento antigo e/ou tinta;
  • Lavar as pedras para que a poeira não prejudique a aderência;
  • Mantê-las úmidas para que a capacidade de colagem da argamassa não diminua;
  • Não utilizar as pedras para impermeabilização de superfícies.

Quer garantir um excelente resultado? Opte pela Argacola flexível tipo ACIII Lantai, ideal para Pedra Travertino na cor bege ou similar. Verifique sempre o que foi indicado pelo fabricante da argamassa!

Para a aplicação da Travertino, geralmente é preciso de um prazo de 3 dias, incluindo toda a preparação e o processo. Obviamente, esse número pode variar de acordo com as condições do ambiente, profissionais responsáveis, tamanho da área, dentre outros fatores.

Strato de Microsseixos: a diferença está nos detalhes!

Incomparável pelas suas características específicas, o Strato de Microsseixos vai muito além do que qualquer expectativa, sabe por quê?

Esse revestimento é composto por pequenas pedras, de diferentes tipos e tamanhos, que proporcionam um resultado único em sua aplicação.

Além disso, característica exclusiva desse revestimento Lantai não são necessárias emendas ou juntas de dilatação. Como resultado final você terá uma superfície inteiramente lisa e contínua.

Seus granulados de pedras são misturados com resinas autocolantes, oferecendo um acabamento suave ao toque, além de sua qualidade antiderrapante.

Para obter maiores informações sobre as características e indicações de uso, criamos um conteúdo exclusivo e você pode conferir clicando aqui

Por se tratar de um produto diferenciado, com aspectos distintos, indicamos que haja um treinamento realizado pela Lantai Revestimentos para a sua aplicação, pois se trata de uma instalação técnica, de acordo com os passos abaixo:

  • Deve-se mesclar os Microsseixos com as resinas, através da utilização de um batedor;
  • O batedor deverá contar com uma haste misturadora própria para esse caso;
  • Garantir que o local de aplicação esteja limpo, sem pó, seco, sem umidade ou infiltrações;
  • A superfície de aplicação precisa estar plana;
  • A aplicação deverá ser feita em uma superfície regularizada;
  • Sua instalação deve ser continuada, realizada em um único dia, para que não haja divergências de cor;
  • Não utilizar o produto para impermeabilização de superfícies.
  • Deve-se aplicar uma camada de 3mm a 5mm de espessura no local.

Atenção! Esse tipo de revestimento não é indicado para aplicação em madeiras, gessos, cerâmicas, azulejos, pisos rachados, mal fixados ou em locais em que a superfície esteja irregular. 

Assim como no caso da pedra Travertino, a manutenção do Strato de Microsseixos tende a ser baixa, variando de acordo com o local em que foi assentado. 

Lembre-se de que o revestimento é composto por pedras naturais e, sendo assim, alguns fragmentos poderão se desprender. Porém, isso não prejudicará o resultado final.

Confira o vídeo explicativo do nosso canal e veja como a instalação do Strato é bem simples e rápida, podendo durar, no máximo, até 8h. 

Lembrando que o tempo é apenas uma estimativa, que poderá variar de acordo com as condições do ambiente, profissionais responsáveis, tamanho da área, dentre outros fatores.

Hijau, a beleza dos resorts de luxo na sua casa

Para nós, a Hijau é um caso sério de amor, porque a sua tonalidade é capaz de tirar o fôlego, principalmente com as variações de cor quando molhada.

Esse tipo de revestimento já foi abordado no nosso post “Pedra Hijau, o que levar em consideração antes da escolha desse revestimento?” e temos certeza de que você também irá se encantar!

Não muito diferente da instalação da Travertino, indicamos que um teste seja feito antes da aplicação, fazendo uma simulação do resultado final.

Isso ajudará a moldar a estrutura das pedras da melhor forma, agregando um visual mais harmônico, de acordo com as nuances das pedras naturais

Caso surjam algumas diferenças ao longo do processo, a argamassa poderá ser utilizada para igualar os detalhes, garantindo uniformidade. Confira alguns dos passos do processo de assentamento da Hijau:

  • É preciso utilizar junta seca, sem rejuntamento;
  • Fazer uso de curva de nível durante a colocação das pedras;
  • A aplicação deverá ser feita em uma superfície regularizada;
  • Garantir que o local de aplicação esteja limpo, sem pó, seco e sem umidade;
  • Lavar as pedras para que a poeira não prejudique a aderência;
  • Mantê-las úmidas para que a capacidade de colagem da argamassa não diminua;
  • Retirar todo e qualquer revestimento antigo e/ou tinta;
  • Não utilizar as pedras para impermeabilização de superfícies.

Além de todos os itens acima, é preciso de impermeabilização da superfície (totalmente finalizada e seca) antes de realizar o assentamento, bem como uma aplicação de proteção mecânica.

Para áreas molhadas, também é recomendado que as pedras sejam lavadas com escova, para que possíveis resquícios de argamassa sejam retirados, pois o contato com a água poderá ocasionar em pontos esbranquiçados nas pedras.

O assentamento deverá ser feito com Argacola flexível, tipo ACIII Lantai para Pedra Hijau na cor verde, ou similar indicada pelo fabricante da argamassa como sendo própria para pedras naturais

A Lantai não recomenda que exista rejuntamento em piscinas e áreas submersas, o que pode ocorrer no caso de paredes externas e internas (apenas no espaço entre as pedras).

Para que a sua obra/reforma seja finalizada com a pedra Hijau, bastarão apenas 4 dias. Claro! Isso é apenas uma estimativa, podendo variar de acordo com o tamanho da área, condições do local e equipe de trabalho.

Procure por responsáveis que possuam responsabilidade técnica habilitada, um engenheiro civil ou arquiteto. Opte sempre por profissionais qualificados e de confiança, afinal, pedras naturais merecem um cuidado especial, fazendo com que a sua reforma/obra ofereça os resultados que você tanto almeja.

Repassando o que vimos neste post

  • Como é a durabilidade dos revestimentos Lantai;
  • Detalhes específicos sobre o assentamento da pedra Travertino;
  • Cuidados que deverão ser observados na aplicação da Travertino;
  • Como é realizada a aplicação do Strato de Microsseixos;
  • Itens para “ficar de olho” durante a aplicação do Strato de Miscrosseixos;
  • Forma de aplicação da pedra Hijau;
  • Informações importantes sobre o assentamento da Hijau;
  • Prazos de aplicação dos revestimentos Lantai.